Receita de pão “húngaro” | pão bola

Receita de pão "húngaro" | pão bola preparado com goaiabada

 

Oi Pessoal, tudo bem?

Como vocês estão?

Eu estou numa felicidade só!

Hoje lançando uma receita mais que especial para vocês aqui no blog novo!

Esta receita é muito especial !

Pois além de deliciosa, ela é o maior sucesso!

Não tem quem não coma esse pão, e não goste, rsrs

Eu ganhei essa sensacional receita em 2011 da Jully Ribas, na época, ela disse que sua querida Tia Zazá , fazia este pão, e que era sempre uma delícia degustá-lo com toda família.

É uma receita de família, e fiquei muito feliz por ela ter compartilhado comigo.

Eu fiz algumas alterações nesta receita. Deixei-a com o meu perfil.

Mas agora que estou fazendo Pós Graduação em Confeitaria Clássica e Contemporânea na Puc, em uma aula de Metodologia de ensino, Profª Helena Simonard falou sobre este simpático pãozinho, que é vendido numa feira aqui em Curitiba.

Mas o pão húngaro mesmo, não é esse.

O verdadeiro é assado numa serpentina, na qual o pão é passado no açúcar e canela.

E eu fazendo algumas pesquisas, encontrei algumas receitas na internet que aliás são bem parecidas com esta aqui.

Mas como fiz algumas alterações, vai ficar bem mais prático para vocês fazerem em casa!

Então, fiz um passo a passo bem legal, para vocês não errarem ok?? rsrsrs

Masss qualquer dúvida me chamem!

Estou aqui pra ajudar!

Então vamos a receita?

 

Ingredientes para a massa

 

10g de fermento seco (1 pacotinho )/ 30 g de fermento fresco/ 2 colheres de sopa fermento seco

2 colheres (sopa) de açúcar

½ xícara (chá) de leite morno

200g de manteiga sem sal (ponto de pomada)

4 ovos grandes

750g de farinha de trigo (pode-se usar mais ou menos)

 

Depois deste descanso da esponja, acrescente os demais ingredientes líquidos, somente deixe por último a manteiga.

A Farinha de Trigo, é colocada aos poucos, até desgrudar das mãos, ou do boll da batedeira, portanto não coloque toda a farinha, vá pondo aos poucos.

Se necessário, coloque mais até dar o ponto da massa, deixando por último a manteiga.

 

Modo de fazer a Esponja:

Primeiro hidrate o fermento. Esse processo você vai fazer somente com o fermento Seco.

Numa tigela, acrescente o fermento seco, o açúcar, um pouco de farinha de trigo e um pouco de água morna, fazendo uma papinha homogênea, deixe descansar por 15 minutos para que se faça uma esponja.

Depois deste descanso, acrescente os demais ingredientes, deixando somente a manteiga para finalizar. Comece pelos ingredientes líquidos, depois coloque a farinha de trigo, até desgrudar das mãos, acrescente a manteiga no final, sove, coloque mais farinha de trigo para a massa ficar lisa e homogênea. Sove por 10 minutos.

 

Ingredientes para recheio

300g de goiabada ou

1 lata de leite condensado cozida ou

1 receita de brigadeiro ou

3 bananas passadas no açúcar e canela ou

1 maçã grande picada passada no açúcar e canela ou

2 amores ou

Qualquer tipo de doce firme da sua preferência

 

Ingredientes para a calda

2 xícaras de chá de açúcar

1 xícara de chá de água

raspas de limão ou laranja

1 dose de bebida alcoólica

 

Leve todos os ingredientes para cozinhar, deixando no fogo 5 minutos depois da calda ferver.

 

Ingredientes para besuntar as bolinhas

100g de manteiga sem sal derretida

200g açúcar de cristal

Canela

 

Modelagem da receita:

 

Faça bolinhas pequenas, e de tamanho por igual, recheie a seu gosto, e feche-as.

Passe-as na manteiga derretida, e depois no açúcar com canela.

Numa forma de pudim grande, bem untada com manteiga e farinha de trigo, coloque as bolinhas acomodadas.

Depois da forma completa, acrescente a metade da calda.

Leve para assar em forno preaquecido em 180°C.

Asse por aproximadamente 45 minutos.

Quando o Pão húngaro estiver pronto, retire do forno.

Acrescente a bebida alcoólica no restante da calda.

Leve ao forno novamente para “craquelar” por mais 5 minutos.

Desenforme o pão imediatamente após tirar do forno.

 

 

Receita de pão "húngaro" | pão bola preparado com goiabada

Marcadores: ,

Compartilhe essa postagem
468 ad

Deixe uma resposta